Linha Histórica

As ligações da família Symington ao vinho do Porto remontam ao século XVII, ou seja, aos primórdios deste grande vinho. Esta barra cronológica traça não só a linhagem da família no vinho do Porto mas também a cronologia das afamadas casas de vinho do Porto que viriam a integrar gradualmente o seu património.

Século XVII

1652

A segunda mais antiga exportação de vinho do Porto realizada por um mercador britânico, e de que há registo, é feita por Walter Maynard, um ascendente da família Symington. Walter Maynard torna-se cônsul britânico no Porto em 1659.


1670

A Warre’s é fundada. É a empresa de vinho do Porto britânica mais antiga e a primeira a ser adquirida por Andrew James Symington, cerca de duzentos anos mais tarde, em 1905.

Século XVIII

1798

A empresa Silva & Cosens, mais conhecida como Dow’s Port, é fundada. Andrew James Symington torna-se sócio da empresa em 1912.

Século XIX

1814

A família Atkinson, ascendente da família Symington, chega a Portugal e os seus membros tornam-se bem-sucedidos produtores e exportadores de vinho do Porto.


1815

A Cockburn’s é fundada. A empresa acabará por ser adquirida pela quarta geração da família Symington, em 2010.


1820

A Graham’s é fundada. A Graham´s é a casa produtora de vinho do Porto que traz Andrew James Symington para Portugal e o introduz no vinho do Porto. Os netos de Andrew James Symington adquirem esta célebre empresa quando é posta à venda em 1970, ano em que celebra o seu 150º aniversário.


1882

Andrew James Symington, de 19 anos de idade, deixa a sua Escócia natal e chega ao Porto para trabalhar na Graham’s.


1887

Andrew James Symington cria a sua própria empresa exportadora de vinho do Porto.


1891

Andrew James Symington casa com Beatrice Leitão de Carvalhosa Atkinson.

Século XX

1905

Andrew James Symington torna-se sócio da Warre & Co. Em 1908, passa a ser o seu único proprietário.


1912

Andrew James Symington torna-se acionista da Dow’s e fica responsável pelas operações da empresa em Portugal, incluindo as vinhas no Douro. No início da década de 1960, os seus netos tornam-se nos únicos proprietários da Dow’s.


1919

O primeiro Symington da segunda geração, Maurice, entra na empresa da família, sendo logo seguido pelos seus irmãos John e Ronald.


1947

O primeiro Symington da terceira geração, Michael, junta-se à empresa da família, sendo logo seguido pelos seus primos Ian e James.


1970

A família adquire a reconhecida casa produtora de vinho do Porto W & J Graham’s.

Tricentenário da Warre’s Port: 1670 – 1970.

Maurice Symington é condecorado pelo Governo Português com a Ordem do Mérito como reconhecimento pela contribuição que a sua família teve para com os vinhos e a agricultura portuguesa. Também recebera a Ordem Militar de Aviz pelos serviços prestados ao Exército Português em França em 1917 e 1918.


1979

O primeiro Symington da quarta geração, Paul, junta-se à empresa da família, sendo logo seguido por Johnny, Rupert, Dominic e Charles.


1989

A família Symington compra a Quinta do Vesúvio, uma das mais lendárias quintas de Portugal.


1991

A Symington Family Estates torna-se membro fundador da Primum Familiae Vini, uma associação internacional que reúne importantes empresas de vinho de propriedade familiar.


1997

Charles Symington planta a sua primeira vinha experimental na Quinta da Cavadinha.


1998

Bicentenário da Dow’s: 1798 – 1998.

Peter e Charles Symington introduzem o primeiro lagar moderno no Douro.

História recente

2000

A família Symington lança os primeiros vinhos Douro DOC: Altano e Chryseia (este último em parceria com a família Prats de Bordéus).


2006

A família compra as quintas da Cockburn’s no Douro, as caves em Vila Nova de Gaia e todo o stock de vinho desta casa de vinho do Porto.


2009

O Dow’s Porto Vintage 2007 é distinguido com a pontuação máxima de 100 pontos pela revista Wine Spectator e continua a ser até hoje o único vinho do Porto produzido no século XXI com 100 pontos.


2010

A Symington adquire a marca Cockburn’s, assumindo assim o controlo total da empresa.


2012

A revista Decanter elege Paul Symington como "Personalidade do Ano". Esta é a primeira vez que um produtor de vinhos procedente de Portugal recebe esta distinção.


2013

O Centro de Visitas e o Restaurante Vinum das Caves 1890 da Graham´s são inaugurados pelo Presidente de Portugal.


2014

O primeiro Symington da quinta geração, Charlotte, junta-se à empresa da família.

A Wine Spectator elege o Dow’s Porto Vintage 2011 como "Vinho do Ano", atribuindo-lhe o primeiro lugar na lista do TOP 100, sendo o terceiro lugar desta lista ocupado pelo Chryseia 2011 Douro DOC. Esta é uma conquista sem precedentes e de grande importância histórica para o Douro.

É plantada a Coleção de Castas na Quinta do Ataíde, uma vinha constituída por 53 castas, para fins de investigação.


2015

Bicentenário da Cockburn’s: 1815 – 2015.

O primeiro centro de visitas da família no vale do Douro, na Quinta do Bomfim, é inaugurado pelo Primeiro-Ministro de Portugal.

Idade Legal

Usamos cookies para lhe garantir uma melhor experiência de navegação. Não guardamos qualquer informação pessoal.

USO DE COOKIES

Este site usa cookies com o objectivo de lhe garantir uma melhor experiência de navegação. Alguns destes cookies são necessários para que este site funcione.

Outros são guardados para o reconhecer quando regressa ao site e para ajudar a nossa equipa a perceber que secções acha mais úteis e interessantes.

Não guardamos informação pessoal.

Se concorda com o uso de cookies do site Symington Family Estates, por favor escolha "Concordo"

×